Política, representatividade e estéticas negras e periféricas na atual cena da dança paulista

Carregando mapa ....

Data / Hora
Date(s) - 21/02/2017
8:00 pm - 10:00 pm

Localização
Sesc Belenzinho

Colabore com a Agenda Preta

Categorias


 

Diante do movimento em torno da popularização e democratização da lei de fomento a Dança no município de São Paulo, nos últimos dois anos diversas reflexões e questionamentos foram levantados a respeito da participação e acessibilidade dos artistas e companhias que trabalham com as matrizes africanas e periféricas. Reverberando- se para outras cidades do território nacional brasileiro e despertando reflexões importantes para além do contexto da dança, o tema gerou polêmica nos diversos ambientes sociais, artísticos e políticos, contribuindo para uma importante discussão em torno da representatividade, bem como, a diversidade de linguagens, estéticas e poéticas negras e periféricas presentes nas produções artísticas contemporâneas.

Com Banks Back Spin, Firmino Pitanga, Ana Koteban e Gal Martins.

Mediação: Thiago Negraxa.

 

GRÁTIS

Comentários

comentários

Bruna Salles

Mulher Preta de duas cabeças. Na de dar Assistência ao Social, me encantei pela Articulação Cultural e cá estamos: Co-Fundadora e Coordenadora de Comunicação da Agenda Preta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *